Leobetosouza

Codando e andando

Sobre Trabalhar Com O Que Se Gosta E a Falta De Oportunidades

| Comments

Semana passada, motivado por um papo com uma amiga, fiz um post no Facebook que acabou gerando uma repercussão legal. Resolvi reproduzi-lo aqui com algumas mudanças.

Estava coversando com uma amiga há pouco e soltei a seguinte frase:

“Meu trabalho não me faz chegar na segunda-feira e pensar: ‘que merda, tenho que trabalhar hoje.’”

E é verdade… eu gosto do que eu faço. E a Estante Virtual é um lugar muito legal pra se trabalhar com uma equipe fantástica.

Eu lembrei de quando eu tava na 5a. ou 6a. série: dentro do Metrô, eu e um amigo de infancia (ambos provavelmente cabulando aula) estavamos falando sobre como a gente iria trabalhar, ganhar dinheiro, etc. Na época eu não fazia ideia ainda do que faria da vida, mas eu lembro que falei (com a certeza que só moleques de uns 13 anos tem) que “eu vou trabalhar com o que me fizer feliz e o dinheiro vai vir”. Eu não sei se ouvi/li isso em algum lugar, mas foi o que eu disse e o que eu tento fazer até hoje.

Um dia eu descobri que eu gostava de trabalhar com web e aqui estou eu hoje, todo dia aprendendo uma coisa nova e vez ou outra fazendo besteira. Mas ainda gostando muito de uma parada que atiçou minha curiosidade já fazem mais de 10 anos.

Talvez eu mude de ideia um dia e tenha que correr atrás de outra coisa.

Deus foi/é bom comigo. Eu tive boas oportunidades que aproveitei. Mas foram todas escolhas que eu fiz e tive que correr atrás.

E você, ta esperando o que pra correr atrás também de fazer algo que não faça lamentar a existencia da segunda-feira?

Bom, o Miller Medeiros lá no Facebook fez um comentário deveras pertinente:

na época do vestibular fiquei na dúvida entre Economia e Design.. achei que escolhendo trabalhar em algo que eu gostasse (design) não ia ganhar dinheiro, mas fui estudar design assim mesmo.. já que escolhi algo que “pagava menos”, decidi dedicar bastante para ficar “o melhor possível”…

comecei a programar cada vez mais (por diversão) e resolvi mudar de profissão depois de alguns anos; comecei a trabalhar exclusivamente com o meu hobby (programação)… e já que escolhi algo que gosto ainda mais do que design, dediquei 10x mais.

parece que eu também sou bem sortudo, quanto mais eu me dedico, mais sorte eu tenho

“Sorte é estar preparado para a oportunidade quando ela aparece”

Fica o apelo de novo: a gente tem o costume de colocar a culpa em fatores externos pra falta de oportunidades profissionais (uma das mais comuns, no mercado de TI por exemplo, é a da falta de regularmentação da profissão; mas isso é papo pra outro post).

Que tal parar com isso e começar a se dedicar de verdade à profissão que você diz amar? Ou se não ama, por que não parte pra outra? Oportunidades no mercado de TI é que não falta pra gente boa e dedicada. :)

(Quem quiser ver o post original com os comentários pode ir lá no meu fb…)

Comments